Resume
Resume

Back

Teoria da imagem no Maus Hábitos (Porto)

Lançamento do livro “Teoria da Imagem” de Manuel Cebral Loureda | 30.06, às 18h

Estarão presentes também o editor da Axóuxere, Roberto Abuín, e o investigador e docente da Esap-Porto, Juan Luis Toboso.
//
A imagem não é algo que você possa pensar, mas é algo que lhe permite pensar, como um terreno ou um novo território de pensamento. Continuando com as linhas abertas por Deleuze e Tiqqun, juntamente com uma revisão inovadora de Platão, este ensaio observa o lugar que a imagem ocupa na constituição do humano e as possíveis derivações que, acima de tudo, nascem politicamente. A imagem é algo que necessariamente encontramos em nossas sociedades contemporâneas e, tentando superar as críticas situacionistas, devemos encontrar seu potencial cognitivo.

Bios
O autor Manuel Cebral Loureda é licenciado em Filosofia pela Universidade de Santiago de Compostela e especialista em análise estatística e mineração de dados. Atualmente é professor de Filosofia no ensino secundário. Nos últimos anos trabalhou como produtor e mediador cultural de forma independente e através de Alg-a Lab (www.lab.alg-a.org/pt/). Os seus trabalhos desenvolvem e investigam o uso de tecnologias interativas em diferentes contextos, sempre orientados para a inovação pedagógica e cognitiva.

O mediador Juan Luis Toboso é investigador e curador em arte contemporânea. Doutor pela Faculdade de Belas Artes da Universidade Politécnica de Valência. Colaborou com diferentes instituições como o Museu Serralves, a Fundação Calouste Gulbenkian e o Programa de Arte e Arquitectura da Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura. Também é membro de vários grupos na Espanha, Brasil e Portugal, com foco na criação de nós de pensamento em torno dos novos processos de criação artística, bem como na investigação de novos territórios na produção, crítica e difusão das artes plásticas. Atualmente é professor na ESAP – Escola Superior Artística do Porto.

Axóuxere Editora (axouxerestream.com) é uma editora e produtora cultural galega, concentrada na construção de processos habitáveis que híbridem o pensamento com formas de vida por inventar. Também editam textos ou materiais audiovisuais problematizadores dos estatutos e discursos que configuram as tramas de subxectivação da contemporaneidade. Igualmente interessada na fracturação dos códigos que impedem a poética de configurações políticas livres. Máquina de guerra em constante transição de estado de ser.

Related posts

Similar news